Entre Tejo e Sado

MISSÃO

Satisfazer as necessidades e aspirações financeiras dos agentes económicos de Entre Tejo e Sado, promover a sua segurança e protecção e contribuir para o progresso da sua Comunidade.

VISÃO

A Visão da CCAM de Entre Tejo e Sado consiste em…

Ser reconhecida como uma instituição financeira confiável, sólida, competente e moderna e ser distinguida como um motor do desenvolvimento sustentável da Comunidade de Entre Tejo e Sado.

Valores

No cumprimento da sua Missão, o Grupo Crédito Agrícola e a CCAM de Entre Tejo e Sado têm assentado a sua actuação num conjunto de sólidos valores que fazem parte da sua natureza e estrutura e que lhe têm permitido granjear e garantir um crescimento sustentável e o fortalecimento da sua identidade, nomeadamente:

  • Confiança
    “Somos fiéis aos nossos valores e princípios, procurando agir com integridade, independentemente das circunstâncias. Cumprimos os nossos compromissos e somos coerentes, tanto nas palavras como nos actos, para continuarmos a ser merecedores da confiança dos nossos Clientes e demais Partes Interessadas.”
  • Proximidade
    “Privilegiamos a descentralização dos centros de decisão, trabalhando para criar valor para os Clientes, Associados e demais Parceiros, numa óptica de longo prazo, através da apresentação de soluções personalizadas e da prestação de um serviço de qualidade.”
  • Solidez
    “Adoptamos um modelo de gestão adaptado ao contexto do mercado e assente nas melhores práticas, comprometendo-nos a desenvolver a nossa actividade com elevado rigor, objectividade e transparência, promovendo junto das nossas equipas a conformidade e coerência com este compromisso.”
  • Autonomia
    “Acreditamos na cooperação assente na autonomia e na independência, com a inerente liberdade para fazer as escolhas que, em concreto, se afigurem mais ajustadas e que não comprometam a nossa necessária isenção.”
  • Sustentabilidade
    “Somos tradicionalmente agentes activos no desenvolvimento das comunidades em que nos inserimos, através do investimento e do envolvimento em projectos locais, cooperando com as pessoas e as instituições para alcançar objectivos comuns, orgulhando-nos de ter, reconhecidamente, um papel social.”