Costa Azul

História

1911

Em Março é publicada, pelo alentejano Brito Camacho, a legislação que criou o Crédito Agrícola Mútuo.

1916

A 5 de Maio foi fundada a Caixa Agrícola de Santiago do Cacém.

No dia 6 de Agosto é empossada a 1ª Direcção composta por Dr. José Simeão, Dr. Francisco Arraes Falcão Beja da Costa e António Inácio do Ó.

A 29 de Novembro é aprovado o 1º pedido de empréstimo no valor de 950$00 para “plantação de vinha, compra de rações e adubos” à taxa de juro de 3,5%.

1918

A 3 de Fevereiro é fixado o primeiro ordenado ao guarda-livros: 30$00/mês.

1919

É publicado o primeiro Regulamento do Crédito Agrícola Mútuo onde se afirmava o seguinte:

"Deve-se às Caixas Agrícolas a baixa taxa de juro nos empréstimos." 
"Maior facilidade nas transacções agrícolas." 
"Maior desenvolvimento cultural."
"Combate à agiotagem local."

As Caixas deixaram de depender dos sindicatos agrícolas e passaram para a tutela da Caixa Geral de Crédito Agrícola.

1929

Em Março, verifica-se a passagem para a dependência da Caixa Nacional de Crédito, dentro da Caixa Geral de Depósitos.

1934

No dia 18 de Fevereiro aumenta-se a quota de sócio de $10 centavos para 1$00/mês.

1978

É constituída a FENACAM (Federação Nacional das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo), com o objectivo principal de apoiar e representar as Caixas Agrícolas Associadas, participando activamente na sua génese a Caixa Agrícola de Santiago do Cacém, que integrou desde logo os respectivos Órgãos Sociais.

1980

Abre ao público a 1ª Delegação de uma Caixa Agrícola (fora da Sede) - em Alvalade. Este foi o “rastilho” para a proliferação da rede de Agências do Crédito Agrícola, em todo o País.

1982

Publicação do Novo Regime Jurídico, que integra as Caixas no Regime Geral das Instituições de Crédito, convertendo-as, igualmente, em Cooperativas de Responsabilidade Limitada.

1984

Criação da Caixa Central do Crédito Agrícola Mútuo, entidade gestora dos recursos financeiros das Caixas Agrícolas, em cuja fundação participou igualmente a Caixa Agrícola de Santiago do Cacém, integrando os respectivos Órgãos Sociais.

Neste ano, foi aberta a Agência de Grândola. A 1ª Agência de uma Caixa num concelho limítrofe, quebrando-se o conceito defendido pela corrente “Uma Caixa em cada Concelho. Em cada Concelho uma Caixa”. Este acontecimento deu origem, alguns anos mais tarde, a um crescente número de fusões entre Caixas de concelhos limítrofes.

1986

Presença do Ministro do Plano e Administração do Território - Prof. Dr. Valente Oliveira - nas comemorações do 70º Aniversário da Caixa.

1987

Foi criado o Fundo de Garantia do Crédito Agrícola (com a participação activa Caixa Agrícola de Santiago do Cacém), que assegura a solvabilidade das Caixas Agrícolas e a protecção dos recursos nelas depositados.

1991

Foi promulgado o novo Regime Jurídico do C.A.M., que instituiu o SICAM – Sistema Integrado do Crédito Agrícola Mútuo, estabelecendo um regime de co-responsabilidade entre a Caixa Central e as Caixas Agrícolas suas associadas.

Presença do Presidente da República – Prof. Dr. Mário Soares – na inauguração das instalações da Agência de Ourique e descerramento do busto de Brito Camacho.

1993

Inicia-se o processo da criação de várias empresas do Grupo: Informática, Seguradoras, Gestora de Fundos de Investimento, Mercado de Capitais, etc., constituindo-se assim verdadeiramente a filosofia, dimensão e âmbito do Grupo Crédito Agrícola.

1997

É permitido às Caixa Agrícolas distribuir lucros (dividendos) aos Associados, sob a forma de remuneração de capital.

2000

A Caixa Agrícola de Santiago do Cacém é autorizada, pelo Banco de Portugal, a efectuar todo o tipo de operações de crédito, a qualquer pessoa ou entidade em todas as áreas de actividade, criando-se assim o conceito de: “O Banco da nossa Terra".

2005

A necessidade premente de incrementar negócio, consolidando as respectivas variáveis, levou a perspectivar o alargamento da área de acção geográfica, para os concelhos de Setúbal e Sesimbra. Iniciaram-se as negociações nesse sentido.

2006

Presença do Presidente da República - Prof. Dr. Cavaco Silva - na inauguração das novas instalações da Agência de Santiago e comemorações do 90º Aniversário da Caixa.

2007

Concretizou-se a aquisição das Agências de Setúbal - Bonfim e Santana - tornando-se assim uma Caixa de maior dimensão, alterando também a designação em consonância com a região para: Caixa de Crédito Agrícola Mútuo da Costa Azul.

2008

Abertura da 1ª Agência já como Caixa da Costa Azul – na Quinta do Conde.

Obtenção do Certificado da Qualidade no âmbito da Norma ISO 9001:2008.

2009

Abertura da 2ª Agência na localidade de Setúbal: Setúbal - Praça de Portugal.

2010

Abertura da Agência Brejos de Azeitão.

2011

Abertura da Agência de Alfarim.

2016

Comemorações do Centenário da Caixa da Costa Azul.

2017

Obtenção do Certificado da Qualidade no âmbito da Norma ISO 9001:2015.